Programa de inovação do TRT-SC é apresentado a presidentes e corregedores dos tribunais do Trabalho

Desembargadora Mari Eleda:“Nosso objetivo é criar uma rede colaborativa de inovação para discutir e solucionar os principais desafios que cercam a Justiça do Trabalho”

O programa será aberto à sociedade e pretende embarcar na transformação digital, conectando agentes públicos, iniciativa privada, instituições de ensino e pesquisa, órgãos de controle e associações de classe. “Nosso objetivo é criar uma rede colaborativa de inovação para discutir e solucionar os principais desafios que cercam a Justiça do Trabalho”, explicou a presidente do TRT-SC.
Há um mês, a desembargadora havia apresentado o Inova ao presidente do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) e do TST, ministro Brito Pereira. Mas ele fez questão de assistir novamente à apresentação do projeto, desta vez acompanhado de uma comitiva formada pelo coordenador nacional do PJe, juiz Fabiano Pfeilsticker, pelo secretário de TI, Cláudio Feijó e pela secretária-geral do Conselho, Márcia Sott. Entusiasmado, o ministro confirmou a participação e o apoio institucional do CSJT e do TST ao hackathon (maratona tecnológica) que o Regional irá organizar em setembro.
Responsável pela apresentação técnica do Programa, o diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação, Gustavo Ibarra, disse que o Inova vai abordar temas como redução de custos, desburocratização, transparência, abertura de dados, serviços públicos digitais, processos de trabalho, produtividade, entre outros. “Nos
sa intenção é melhorar a eficiência dos serviços e da gestão do TRT-SC a partir do fomento de uma cultura de inovação dentro do órgão, inserindo-o no ecossistema de inovação de nossa região, considerada hoje um pólo tecnológico”, explicou.
Entre as ações previstas pelo Inova estão a capacitação de servidores, magistrados e eventos abertos à comunidade que estimulem o processo criativo e o desenvolvimento de soluções disruptivas na área do Direito do Trabalho. O principal deles será o hackathon, com previsão de 52 horas, marcado para acontecer de 13 a 15 de setembro. O edital com o regulamento, a premiação e o período de inscrições deve ser lançado em julho.

Diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação, Gustavo Ibarra, falou sobre temas que serão abordados pelo Inova TRT-SC

Além de magistrados, servidores e advogados, o público-alvo do hackaton inclui estudantes universitários, designers, profissionais de negócio, de inovação e, claro, de TI, principalmente programadores. O evento terá abrangência nacional, com inscrições abertas inclusive para TRTs de todos os Estados, pois as soluções desenvolvidas poderão ser adotadas por qualquer órgão da JT no país.

Texto: Letícia Cemin / Fotos: Giovanna Bembom/Secom-TST
Secretaria de Comunicação Social - TRT/SC 
Núcleo de Redação, Criação e Assessoria de Imprensa
(48) 3216-4302/4303 - secom@trt12.jus.br