Magistrados e servidores participam da segunda capacitação do programa de inovação


A segunda capacitação voltada ao o Inova TRT-SC, o programa de inovação do Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (TRT-SC), mobilizou magistrados e servidores a proporem soluções para os problemas mais recorrentes da Justiça do Trabalho. O encontro aconteceu na segunda (1º), no Sapiens Parque, em Florianópolis.

Guilherme Paraol, doutorando em Engenharia e Gestão do Conhecimento, explicou que o primeiro passo para uma ideia dar certo é fazer sua validação, ou seja, conferir se ela é viável. “Desenvolver soluções apenas com as próprias visões pode resultar em erros, por isso é necessário conhecer o público, entender o problema e o propósito em solucioná-lo, além de levantar questionamentos e hipóteses”, pontuou o pesquisador.

Durante a capacitação, divididos em grupos, magistrados e servidores receberam uma listas de desafios apontados na última consulta pública e nas pesquisas realizadas pelo Tribunal desde 2016 com o objetivo de encontrar possíveis soluções. Para isso, o grupo utilizou o método Canvas, um mapa visual que permite detalhar a estrutura de um negócio, visualizar as causas de um problema e organizar as soluções. Em seguida, os trabalhos foram avaliados pelos especialistas nas áreas de inovação e conhecimento, Douglas Pacheco e Gisely Martins.

Além dos cursos, o programa também está desenvolvendo outras ações. Uma delas é o hackathon, maratona tecnológica de 52 horas aberta à sociedade que ocorrerá em setembro com o objetivo de buscar soluções inovadoras e disruptivas para desafios reais da Justiça do Trabalho. O edital com o regulamento, premiação e período de inscrições será lançado no final de julho.

O encontro foi coordenado por Mariana Mezzaroba, integrante do VIA Estação Conhecimento, grupo de pesquisa especializado em habitats de inovação e empreendedorismo parceiro do programa Inova TRT-SC.